“Ação é válida, mas demorou para começar” diz infectologista sobre testagem em massa, em Anápolis

Atendimento é na praça Bom Jesus das 8 às 16 horas de 28 a 30 de dezembro e de 3 a 7 de janeiro; resultado sai em 20 minutos

Teste em massa anápolis
Após coleta, resultado sai em 20 minutos (Foto: Agência Saúde)

A Prefeitura de Anápolis iniciou, nesta terça-feira (28), na praça Bom Jesus, no setor Central, a testagem em massa para Covid-19. Para o médico infectologista Marcelo Daher, o munício demorou para iniciar a testagem. Apesar de começar com atraso, o que segundo o médico já poderia estar sendo feito continuamente há algum tempo, a ação é válida para identificar quem tem o vírus da doença.

“A gente defende a necessidade de testagem em massa há muito tempo. A prefeitura demorou bastante para começar. Apesar de começar com atraso ou que já poderia estar sendo feito continuamente há muito tempo, é uma ação válida. É importante identificar quem tem o vírus e evitar que fiquem em contato com outras pessoas na virada do ano. A gente espera que a população vá até o local para ser testado”, afirma Marcelo Daher.

Na cidade, o atendimento é na praça Bom Jesus das 8 às 16 horas e vai até 30 de dezembro. O serviço retoma no dia 3 e segue até 7 de janeiro. “Para a testagem basta levar documentos pessoais. O exame será feito mediante distribuição de senhas no local”, explica a responsável pela Imunização e Epidemiologia no município, Mirlene Garcia. Após a coleta, o resultado sai em 20 minutos.

“O exame utilizado é o Antígeno Nasal pelo método Swab”, explica a responsável pela Imunização. A testagem, segundo a prefeitura, é viabilizada por meio de uma parceria entre os governos federal e estadual com os municípios por meio do Programa Testa Brasil. “O objetivo é rastrear pessoas assintomáticas e verificar como está a circulação do vírus entre a população”, reforça, em nota.