Adolescente denuncia abuso após participar de palestra sobre educação sexual em Goiás

Segundo a PC, aos cinco anos de idade, a menina apresentou herpes genital, possivelmente transmitida pelo suspeito

Adolescente denuncia abusos após participar de palestra sobre educação sexual em Alto Paraíso (GO)
Adolescente denuncia abusos após participar de palestra sobre educação sexual em Alto Paraíso (GO) (Foto: Polícia Civil)

Uma adolescente de 12 anos procurou a Polícia Civil para denunciar abusos sexuais praticados pelo ex-padrasto, em Alto Paraíso de Goiás, na região do Entorno. A menor descobriu que era violentada após participar de uma palestra sobre educação sexual realizada na escola, na última segunda-feira (21). O suspeito foi preso na sexta (25) e segue à disposição da Justiça.

A vítima relatou para a polícia que os abusos aconteciam quando a mãe não estava em casa. Ela no entanto, não se recorda com precisão qual idade tinha quando a violência teve início.

Segundo a PC, aos cinco anos de idade, a menina apresentou herpes genital, possivelmente transmitida pelo suspeito.

Adolescente participou de palestra e identificou o abuso sexual

Segundo a polícia, a adolescente identificou a violência que havia sofrido após a escola em que ela estuda promover palavras sobre educação sexual.

Ao término da palestra, a própria vítima foi até a delegacia para relatar o ocorrido. Disse ainda que os abusos só cessaram depois que a mãe separou do suspeito.

Em depoimento, a mãe da garota relatou que não tinha conhecimento dos abusos sofridos pela filha.

Diante dos fatos, a polícia localizou e encaminhou o suspeito para a delegacia da cidade. À delegada, o homem disse apenas a frase: “se ela falou que eu fiz, então eu fiz”.

O suspeito segue detido na unidade prisional de Alto Paraíso à disposição do Poder Judiciário pelo crime de estupro de vulnerável. Segundo a investigação, há indícios de que outras crianças da mesma família possam ter sido vítimas do suspeito.

LEIA MAIS

Homem acusado de abusar da sobrinha de nove anos é preso em Aragoiânia (GO)

Polícia aguarda laudo que comprove abuso sexual contra coordenadora em escola de Goiânia

Homem é condenado por tentar matar criança após estuprá-la em Senador Canedo (GO)

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Jessica Santos