Adolescente é picada por cobra jararaca enquanto alimentava peixes em Formosa (GO)

Quando garota foi colocar a mão dentro do recipiente de ração para peixes, acabou sendo picada pela cobra

Adolescente é picada por cobra jararaca enquanto alimentava peixes, em Formosa (GO) (Foto: Divulgação - Bombeiros)

Uma adolescente de 16 anos foi picada por uma cobra Jararaca em uma região rural da cidade de Formosa, no Entorno do Distrito Federal (DF). O acidente aconteceu por volta das 10 horas de quarta-feira (22), enquanto a menina tentava alimenar peixes de uma represa.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a equipe encontrou a vítima quando ela já estava sendo transportada por terceiros. A garota disse que estava sentindo tontura e dor no local da picada.

A adolescente relatou que alimentava alguns peixes em uma chácara vizinha. Porém, quando foi colocar a mão dentro do recipiente de ração para peixes, acabou sendo picada na mão direita pela cobra.

Os militares realizaram todos os procedimentos de primeiros socorros. Durante o deslocamento com a vítima, os bombeiros receberam apoio de um equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que medicou a adolescente e, em seguida, a encaminhou para o Hospital Regional de Formosa.

Por não ter acesso ao nome da adolescente, o Mais Goiás não conseguiu mais informações sobre o estado de saúde atualizado.

À reportagem, os bombeiros informaram que a cobra foi localizada por moradores que socorreram a menina. A jararaca foi encaminhada juntamente com a vítima para o hospital, “pois para cada espécie utiliza-se um soro específico”.

De acordo com especialistas, as jararacas são o tipo que mais causa acidentes com serpentes no Brasil, pois habitam locais muito variados, desde regiões úmidas (como beiras de rios) até cerrados, áreas rurais e nas margens de grandes cidades.

Em geral, a região onde a jararaca desfere sua picada apresenta dor, inchaço, sangramento e pode ter manchas arroxeadas. Sem atendimento, há risco de hemorragia grave que pode levar à morte.