Adversários políticos se solidarizam com perda de Ronaldo Caiado

Gustavo Mendanha e major Vítor Hugo desejaram sentimentos ao governador e sua família

Adversários políticos se solidarizam com perda de Ronaldo Caiado
Adversários políticos se solidarizam com perda de Ronaldo Caiado (Foto: Divulgação)

Adversários políticos, os pré-candidatos ao governo de Goiás major Vítor Hugo (PL) e Gustavo Mendanha (Patriota) desejaram solidariedade a Ronaldo Caiado (União Brasil) e sua família pela perda de Ronaldo Filho, filho do governador.

“Meus mais sinceros e profundos sentimentos pela irreparável perda do governador Ronaldo Caiado e de sua família. Que Deus conforte seus corações”, escreveu major Vítor Hugo no Twitter.

Gustavo Mendanha, por sua vez, disse ter recebido a notícia da morte precoce do filho do governador com tristeza. “Nenhuma dor no mundo se compara a uma perda como essa. Em sinal de respeito, suspendi minha agenda deste domingo e estou em oração, pedindo que Deus conforte o coração da família.”

Também pré-candidato ao governo, o ex-reitor da PUC Wolmir Amado manifestou os “mais profundos sentimentos pela perda” do governador e de Thelma Gomes. “Eu e toda a minha equipe estamos em orações pelas famílias, pedindo a Deus que os dê força para atravessar este momento de tanta tristeza”.

O governo de Goiás confirmou por nota a morte de Ronaldo Ramos Caiado Filho, filho Caiado e de Thelma Gomes. Ele tinha 40 anos e a causa não foi revelada.

Mais cedo, o Mais Goiás revelou que o corpo de Ronaldo foi encontrado na fazenda da família, em Nova Crixás. A informação foi dada por um amigo da família.

Quando soube da notícia, o governador estava na missa de encerramento da Festa de Trindade. Ele saiu às pressas juntamente com a primeira-dama Gracinha Caiado. Ela precisou ser amparada por seguranças.

Ainda não há informações sobre velório e enterro.