Agentes penitenciários evitam fuga de presos no presídio de Luziânia

Em nota, a DGAP informa que os agentes descobriram um túnel em uma das celas. Durante a ação, houve um princípio de motim que foi controlado

Agentes penitenciários intercepitaram uma tentativa de fuga no presídio de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, na noite deste sábado (6). Durante a ação dos agentes, houve um princípio de motim e os seguranças efetuaram disparos com munição não-letal para contolar a situação.

Em nota, a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) explica que foi descoberto um túnel na Cela 6 da Ala A, local em que estavam os presos Romário Carvalho e Fernando Rocha. Após a descoberta, os presos iniciaram um princípio de motim na Ala A. Na Ala C, para tentar conter o tumulto, os agentes penitenciários efetuaram disparos para controlar a situação.

De acordo com a DGAP, a situação foi normalizada na noite de sábado. Em razão dos estragos na cela, os presos foram transferidos para a Unidade Prisional de Valparaíso de Goiás.