Aluno causa incêndio em sala de aula após por fogo em carteira, em São Luís de Montes Belos

Chama atingiu um aparelho de ar-condicionado, mas a fumaça se espalhou e deixou todo o teto escuro

Um aluno é suspeito de causar um incêndio em uma sala de aula do Colégio Estadual Costa e Silva, que fica no Setor Central, em São Luis de Montes Belos. Caso aconteceu na noite de quarta-feira (3) e o estudante, que já é maior de idade, teria ateado fogo em uma das carteiras da sala. Logo depois, ele fugiu.
Aluno causa incêndio em sala de aula após por fogo em carteira, em São Luís de Montes Belos (Foto: Governo de Goiás)

Um aluno é suspeito de causar um incêndio em uma sala de aula do Colégio Estadual Costa e Silva, que fica no Setor Central, de São Luis de Montes Belos. Caso aconteceu na noite de quarta-feira (3). O estudante, que já é adulto, teria ateado fogo em uma das carteiras da sala e fugido na sequência.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação de Goiás (Seduc), o rapaz iniciou o fogo na carteira e as chamas atingiram um aparelho de ar-condicionado. A fumaça se espalhou e dexou todo o teto escuro.

O condicionador de ar ficou danificado. De acordo com gestores da escola, a parte frontal do equipamento derreteu. O fogo, porém, não atingiu outras carteiras. Segundo a Seduc, as chamas ficaram restritas à sala de aula em questão e ninguém ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas os militares chegaram quando as chamas já tinham sido controladas. A escola já iniciou a limpeza do local: as carteiras foram retiradas, as paredes estão sendo preparadas e deverão ser pintadas até este final de semana, conforme a Seduc.

A Polícia Civil apura o caso, mas ainda não tem informações para divulgar. O estudante já foi identificado, seu paradeiro é desconhecido. A escola não comentou sobre o que teria motivado a atitude do estudante.

Por não ter atingido outras salas, o incêndio não interferiu no funcionamento das aulas. Os alunos do período matutino foram remanejados para outra sala de aula, mas a previsão é que os reparos sejam concluídos até segunda-feira (8).