Anvisa aprova dose de reforço da Pfizer na bula do imunizante

Dose de reforço é válida apenas para maiores de 18 anos

Anvisa aprova dose de reforço da Pfizer na bula do imunizante
Anvisa aprova dose de reforço da Pfizer na bula do imunizante - (Foto: divulgação/Pfizer)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a inclusão da indicação da dose de reforço da vacina da Pfizer na bula do imunizante. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (24), em reunião da Diretoria Colegiada do órgão.

O pedido de alteração foi feito pela farmacêutica em setembro deste ano. Segundo o órgão, a terceira dose deve ser administrada para pessoas com 18 anos ou mais com um intervalo mínimo de seis meses após o recebimento da segunda dose.

Anvisa recomenda dose de reforço da mesma vacina

Em 18 de novembro, o Ministério da Saúde publicou uma nota técnica onde reforçou que a vacina a ser utilizada na dose adicional “deverá ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (a Pfizer) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca), independente do esquema vacinal primário”.

Entretanto, durante a reunião a Anvisa disse que, apesar da recomendação da pasta, o ideal é aguardar a resolução da Agência. Com isso, é recomendado a aplicação da dose de reforço seja com vacinação dos mesmos imunizantes das duas doses iniciais.

“Caso o Ministério da Saúde mantenha a decisão de ampliar a dose de reforço independente da bula aprovada pela Anvisa, reafirmo, o ideal é que a vacinação de reforço esteja aprovada nas bulas da Anvisa”, afirma a diretora da Anvisa, Meiruze Freitas.