Após 14 dias internado, Mateus Ferreira recebe alta

O estudante já está em casa na companhia da família. O Hugo informou que ele deve continuar fazendo tratamento no hospital

O estudante Mateus Ferreira, de 33 anos, recebeu alta nesta quarta-feira (11) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Ele estava internado desde o dia 28 de abril, quando foi agredido durante uma manifestação na Praça do Bandeirante, no Centro de Goiânia.

Natan Barbosa Santos, irmão de Mateus, afirma que Mateus saiu do hospital no início da tarde e já está em uma casa alugada em que a família está hospedada em Goiânia. “Ele já estava muito inquieto no hospital, querendo sair de lá logo”, conta o irmão. Segundo Natan, Mateus ainda irá passar por mais uma cirurgia de reconstrução de ossos do rosto.

Por nota, o Hugo informou que, durante a internação, o paciente foi submetido a procedimentos cirúrgicos com as equipes de Neurocirurgia e Bucomaxilofacial. Ele deve continuar com tratamento ambulatorial.

Em entrevista ao Mais Goiás quando Mateus ainda estava internado, o coordenador da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) 2 do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), Alexandre Amaral, disse que os ferimentos sofridos pelo paciente foram semelhantes aos de um grave acidente de trânsito.