Após reforma, terminal Isidória deve ser reaberto em junho

Obras do terminal começaram no fim de setembro de 2019

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, garantiu que as obras do Terminal Isidória, no Setor Pedro Ludovico, serão concluídas em junho deste ano. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (13) durante a inauguração do Complexo Viário Luiz José Costa.
Obra do terminal Isidória será entregue em junho, garante prefeito de Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, garantiu que as obras do Terminal Isidória, no Setor Pedro Ludovico, serão concluídas em junho deste ano. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (13) durante a inauguração do Complexo Viário Luiz José Costa.

“A única finalização é a parte tecnológica, que estamos concluindo”, afirmou o prefeito. As obras do terminal começaram no fim de setembro de 2019, com previsão de entrega em 12 meses com custo estimado de R$ 12 milhões. Entretanto, até novembro do ano passado, esse custo já havia alcançado os R$ 15 milhões, segundo a Seinfra.

O objetivo da obra é adaptar o terminal para receber o sistema BRT Norte-Sul (Foto: Jucimar de Sousa – Mais Goiás)

O objetivo da obra é adaptar o terminal para receber o sistema BRT Norte-Sul. Segundo Rogério Cruz, a entrega ocorrerá no mês que vem “independente de o BRT já estar funcionando ou não”. Isso porque, o local já dispõe de estrutura para receber linhas comuns. Estima-se que cerca de 80 mil pessoas devem circular pelo local diariamente.

Desde que as obras começaram, os passageiros passaram a utilizar uma estrutura improvisada. Em 2020, durante o período de chuva, uma das maiores reclamações era de que o local sofria alagamento e que os passageiros à espera do transporte público acabavam se molhando durante os temporais.

Já em 2021, além da obra não ter sido concluída e do problema dos temporais ter se repetido, passageiros reclamavam da redução na frota, que causavam uma longa espera por ônibus.

Segundo o prefeito, entrega ocorrerá no mês que vem “independente do BRT já estar funcionando ou não” (Foto: Jucimar de Sousa – Mais Goiás)

A proposta é ter quiosques de alimentação e utilidades para os usuários do transporte público. Inclusive, segundo o próprio prefeito, durante vistoria realizada recentemente ficou evidente que o espaço será “inovador, com muito conforto, banheiros acessíveis e elevador”.

O Terminal Isidória está localizado em uma área de 16.500 m², e será três vezes maior do que o antigo, passando de 2.167 m² de área construída para 7.947 m². O local funcionará como ponto de chegada e partida do BRT Norte-Sul pela Rua 90 para embarque e desembarque dos passageiros.