FolhaPress

Araçatuba: Ferido confundiu explosivo com celular e quase perdeu dedos

Vítima teve pés apuntados

Roubo em Araçatuba custou R$ 600 mil, diz polícia Araçatuba: Ferido confundiu explosivo com celular e quase perdeu dedos
Chefes do "novo cangaço" tentaram fuga de cela no dia de roubo em Araçatuba (Foto: Reprodução - Redes Sociais)

Um dos feridos durante o assalto a bancos em Araçatuba confundiu um explosivo com um aparelho celular. O homem, de 25 anos, que teve os pés amputados após o incidente, também sofreu “cortes profundos” nos dedos, mas a remoção das extremidades superiores já foi descartada, de acordo com o último boletim da Santa Casa da cidade.

Depois de passar por cirurgia para retirar estilhaços do corpo, presos principalmente nas pernas, a vítima já está consciente e prestou o depoimento sobre como acabou encontrando um dos artefatos deixados pelo grupo na cidade. Durante a ação dos criminosos, que envolveu trocas de tiros, três pessoas morreram.

Além do homem que sofreu a amputação, que não tem previsão de alta, outros três homens ainda estão internados, um em estado grave.

Em entrevista à GloboNews na manhã desta segunda-feira (30), Alexandre Guedes, capitão da Polícia Militar de São Paulo, afirmou que pelo menos outros 14 potenciais pacotes de explosivos haviam sido espalhados por Araçatuba.

“A gente pede para os moradores que, se possível fiquem em casa, não saiam e caso observem algum objeto estranho, acionem a polícia militar”, solicitou o agente.

Já nesta tarde, em declaração à CNN Brasil, o prefeito da cidade, Dilador Borges (PSDB) afirmou que “o momento é de tranquilidade” em quase todas as regiões da cidade, com exceção do centro, que ainda deve ser evitado por moradores.