Associação contesta projeto que limita construções em Aparecida (GO)

Segundo presidente de associação projeto terá impactos e poderá interferir diretamente no setor produtivo da cidade.

Associação contesta projeto que limita construções em Aparecida (GO)
Associação contesta projeto que limita construções em Aparecida (GO) (Foto: Câmara de Aparecida - Divulgação)

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial da Região Leste de Aparecida de Goiânia (Acirlag) contesta o projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia que limita a construção de estabelecimentos de comércio de alimentos ou congêneres a 2.500 metros quadrados de área construída. A sessão de quarta-feira (3) chegou a contar com comerciantes para discutir a proposta.

Segundo o presidente da associação, Maione Padeiro, o projeto precisa ser melhor discutido com os diferentes segmentos de Aparecida, já que pode interferir diretamente no setor produtivo da cidade. Por isso ele tenta junto com vereadores a convocação de audiências públicas para debater os impactos da proposta.

“Quais os interesses nesse projeto? Se eu tenho condições de fazer um empreendimento maior é direito meu. Agora se outro comerciante não tem as mesmas condições, qual o problema? Esse tipo de mudança tem o poder de prejudicar todo o setor”, avalia.

O projeto

Segundo o autor, o presidente da Câmara vereador André Fortaleza (MDB), o projeto visa diminuir a concorrência desleal de empresas muito grandes com as menores, ocorrendo assim queda na geração de empregos.

“Nós, como parlamentares desta casa, precisamos lutar para que vocês (comerciantes) permaneçam, para que vocês trabalhem em paz e continuem gerando empregos e renda para o município. No meu ponto de vista, não adianta vir uma empresa e acabar com 50 ou 60 empresas menores” disse o presidente André Fortaleza.

Para os empreendimentos já existentes, com área superior a 2.500 m², fica vedado o aumento desta área. Já para os locais com área menor que 2.500m² será permitido o aumento até o limite citado.