Ataque hacker deixa base de dados da PRF fora do ar

De acordo com a PRF, uma das ferramentas afetadas foi a de gestão de documentos e processos eletrônicos

Ataque hacker deixa base de dados da PRF fora do ar
Foto: Reprodução - Agência Brasil

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi alvo de um suposto ataque hacker que afetou uma das bases de dados da corporação e deixou alguns sistemas indisponíveis. O incidente de segurança ocorreu na última sexta-feira (10), mas só foi divulgado nesta terça-feira (14). Vazamentos de dados não foram constatados.

De acordo com a PRF, uma das ferramentas afetadas foi o Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A Plataforma é uma ferramenta de gestão de documentos e processos eletrônicos.

Em nota, a corporação afirma que o incidente foi bloqueado assim que identificado. “Equipes da PRF estão trabalhando para restaurar os sistemas através de back ups”. O prazo máximo é de 48h.

O caso está sendo investigado pela Polícia Federal e acompanhado pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

O Governo Federal comunicoou que órgãos públicos foram alvo de ataques digitais na noite de segunda-feira (13), porém não divulgou quais serviços ou ministérios foram atacados. Em nota do GSI, apenas expôs que “ocorreram incidentes cibernéticos contra órgãos de Governo em ambiente de nuvem”.

Leia Mais

Cantor Ávine Vinny, do hit ‘Coração Cachorro’, é preso em Fortaleza

Ex-caseiro faz casal de refém e rouba R$ 200 mil de fazenda em Cristalina

Saúde de Goiás monitora 15 pessoas que viajaram para países com foco da ômicron

Goiânia abre cadastro antecipado para matrícula em escolas e CMEIs para 2022