Atende Fácil será reaberto a partir desta segunda (18) em Goiânia

Contribuinte precisará realizar agendamento prévio

As cinco centrais de relacionamento e serviços da Prefeitura de Goiânia, Atende Fácil, serão reabertas a partir desta segunda-feira (18). No entanto, o público deverá realizar agendamento prévio e fazer uso de máscaras durante o atendimento presencial. Aos sábados e pontos facultativos, no entanto, os trabalhos continuam suspensos por tempo indeterminado.

As unidades ficaram fechadas durante 55 dias, após o início da pandemia do novo coronavírus. A solicitação de data e horário para atendimento já pode ser feita por meio do site www.goiania.go.gov.br.

Para novos usuários, é preciso realizar cadastro, para o qual exige-se nome completo, telefone, e-mail, número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e criação de senha para futuros acessos.

O número de atendentes foi reduzido no período de almoço, entre as 12h e 14h. No total,  agências também tiveram horário de atendimento reduzido em uma hora e, como efeito, a rede passa a funcionar em novos horários.

As unidades Atende Fácil Paço Municipal, no Park Lozandes; Estação Ferroviária, no Setor Central; Mangalô, no Setor Morada do Sol; e Conselho Regional de Contabilidade (CRC), no Setor Sul; agora funcionam das 7h às 18h. Antes, a prestação de serviço ocorria até as 19h. A exceção é a unidade Cidade Jardim, instalada no bairro e shopping homônimos, cujo funcionamento agora vai das 8h às 19h. Antes, o atendimento seguia até 20 horas.

Ao todo, a Prefeitura de Goiânia disponibilizará todos os dias, de segunda a sexta-feira, 1.010 oportunidades de relacionamento presencial com o município.

Segurança

Segundo a administração municipal, será necessário respeitar o distanciamento mínimo de dois metros entre os cidadãos. Para isso, a Prefeitura de Goiânia mantém a reestruturação física nas agências Atende Fácil.

Os atendentes estão posicionados de forma intercalada para manter a distância de segurança recomendada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS); as cadeiras e os guichês estão mais distantes e os computadores foram dispostos de modo a funcionar como barreira protetiva auxiliar.

De acordo com a prefeitura, a equipe também recebeu máscaras, papel toalha e álcool gel, tanto para uso dos cidadãos quanto para os servidores. Ocorreu, ainda, treinamento para higienização adequada da estrutura física.

Diante da redução na capacidade de atendimento, permanece em vigor a autorização para revezamento dos servidores, que passam a atuar por meio de escala e intercalar dias de home office.