“Baldy não está fazendo nada pelo PP em Goiás”, diz Professor Alcides

Deputado se movimenta em Brasília para assumir comando do PP em Goiás

Deputado federal Professor Alcides Ribeiro (Foto: Câmara dos Deputados)

O deputado federal Professor Alcides (PP) transformou-se no porta-voz da insatisfação que existe no PP de Goiás com a forma com que o ex-ministro Alexandre Baldy está conduzindo o diretório estadual da legenda. Alcides diz que Baldy “não está fazendo nada” pelo PP no Estado e que está disposto a assumir o controle da legenda para reverter a situação.

“A gente percebe que ele [Baldy] não está preocupado com o partido, com a eleição do ano que vem. Como ele tem muito dinheiro, está preocupado só em pular de galho em galho para conseguir se eleger. Já deveríamos estar nos movimentando. Mas, com todo respeito, o Alexandre está lá em São Paulo e não está muito preocupado com a politica local”. afirma Alcides.

Baldy hoje é secretário de Transportes e Mobilidade da administração do governador João Doria (PSDB), em São Paulo. Seu principal braço direito na condução do PP em Goiás é o deputado federal a quem ele emprestou o sobrenome: Adriano Avelar, ou Adriano do Baldy. 

“O meu sentimento [de insatisfação] é igual ao dos deputados estaduais e dos prefeitos do nosso partido. A única exceção é o próprio Adriano, por razões naturais. A gente corre o risco de não eleger nenhum deputado federal e, se continuar desse jeito, eu provavelmente não terei condições de continuar no PP”, afirma o parlamentar. 

Professor Alcides conta que reuniu-se com o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI), na última terça-feira e que Ciro prometeu “estudar o assunto com carinho”. A expectativa do deputado é a de que uma nova reunião aconteça nesta semana. Alcides afirma que, além dele, quem também tem interesse de assumir o comando o PP é o ex-senador Wilder Morais, que desfiliou-se logo que Baldy foi alçado à presidência do PP.