BBB 17: Delegacia da Mulher do Rio de Janeiro registrará ocorrência contra Marcos

Em entrevista ao Buzzfeed Brasil, delegada responsável disse que polícia irá à casa do BBB para interrogar o brother

Depois da discussão deste domingo (9) entre Marcos e Emilly, na qual o brother encurralou a namorada no canto da sala, gritando e colando o dedo em seu rosto, a Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, Rio de Janeiro, decidiu registrar uma ocorrência contra o médico.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil carioca divulgou que a ocorrência será feita por ordem da delegada Márcia Noeli Barreto, diretora da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher. O registro deverá ser feito ainda nesta segunda-feira (10). Além disso, ela resolveu instaurar um inquérito e apurar se houve lesão corporal.

Em entrevista ao site Buzzfeed Brasil, a delegada afirmou que a Polícia pedirá que Emilly faça um exame de corpo de delito e vai apurar a conversa que a sister teve com Ieda. Na ocasião, ela afirmou que Marcos a beliscou durante uma das festas da edição. Caso dê positivo, a gaúcha não precisará prestar queixa. Ele será enquadrado na Lei Maria da Penha.

Ao site, a delegada afirmou ainda que a Polícia poderá pedir à Justiça medidas protetivas para a jovem gêmea. Isso, segundo ela, forçará o médico a sair da casa, independente do resultado do reality show. “Assisti aos vídeos e tem mais do que injúrias e ameaças. Tem momentos em que ela diz que está doendo e pede para não ser machucada mais”, disse a Márcia à publicação.

Ela também citou outros pontos que, para ela, retratam a violência contra a mulher no Brasil. “Desde o primeiro momento, ele isola a moça de seus amigos. Ele quer ter razão e impor seu pensamento o tempo inteiro e ainda a culpa por suas reações”, explicou ela.

Produção “atenta”

Na transmissão deste domingo (9), o foco deveria ser a eliminação de Marinalva (que saiu do reality com 77,17% de rejeição). Entretanto, a edição mostrou conflitos entre Emilly e Marcos, desde a discussão à suposta resolução dos conflitos entre eles.

Apesar de a Rede Globo não ter comentado o caso ainda, Tiago Leifert, apresentador do reality, garantiu que a produção está “atenta” às atitudes do casal. “Não achamos certo o que está acontecendo”, disse ele. O “Grande Irmão” chamou a gaúcha e o médico no Confessionário, separadamente, para uma conversa.

Na eliminação, entretanto, eles pareciam bem resolvidos.