Jorge Lima

A-Deus a Marília Mendonça

Esses momentos nos obriga a olhar a vida através de um terrível ângulo de tristeza e reflexão de como a vida é breve.

A imagem que predomina na cena cotidiana é de luto. Metade dessa imagem é formada pelas milhares de vidas perdidas na luta contra a pandemia de coronavírus e a outra por momentos como esse da partida repentina de Marília Mendonça.

Esses momentos nos obriga a olhar a vida através de um terrível ângulo de tristeza e reflexão de como a vida é breve e que cada momento pode ser o último.

Uma pessoa querida por milhões, que trouxe incontáveis alegrias às multidões de fãs desse Brasil continental… Agora, fica em nós a saudade e um longo aperto no coração. Não dizemos adeus, como alguém que nunca mais veremos, mas um a-deus como recomendação de Marília ao Criador e à sua presença que ficará eternizada em suas músicas e em seu carisma ímpar.

Obrigado, Marília!
A-Deus!