Kossa Aqui

O fantástico mundo de Bolso

O mundo real do brasileiro está uma lástima enquanto o presidente passeia de moto em dia de serviço como se não houvesse amanhã

Deputado organiza motociata para Bolsonaro em Goiânia; agenda não está confirmada
Bolsonaro em motociata (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)

O Fantástico Mundo de Bobby. Quem teve infância vendo desenho no SBT dos anos 1990 sabe do que estou falando. Eu adorava essa animação. Junto com minha irmã, assistíamos todo dia.

Bobby é um garotinho de quatro anos que leva toda e qualquer fala no literal. Nenhum sentido figurado, nada de conotação. As palavras e expressões são o que são. E, com isso, as mais absurdas situações se materializam em sua imaginação enquanto vive sua vidinha de criança numa típica família estadunidense.

É até sacanagem de minha parte comparar Bolsonaro com essa querida memória afetiva de uma geração. Mas faz sentido. Na abertura do desenho, o garoto avança em seu triciclo pela casa enquanto o caos se instaura. O menino faz a mãe jogar os pratos de cozinha pro alto, ele quase atropela a irmã saindo do banho, derruba o irmão do skate, anda em cima do corrimão da escada, desliza sobre a mesa de jantar quando toda família está sentada a postos… Uma zona. Ou seja, igualzinho Bolsonaro faz com o Brasil.

O presidente avança com sua motocicleta em mais uma motociata cheia de aposentados precoces que não têm o que fazer em dia útil enquanto o Congresso joga as legislações eleitoral, do teto de gastos e de responsabilidade fiscal para o alto, a fome atropela dezenas de milhões de brasileiros, famílias se endividam para fazer o supermercado, a cotação do real desaba frente ao dólar e milicos de pijama vomitam impropérios golpistas. O fantástico mundo de Bozo.

Na animação, a confusão mental que se misturava à realidade do garoto sempre se resolvia e esperávamos o episódio do dia seguinte no programa da Mara Maravilha ou no Bom Dia & Companhia para nos divertir novamente. Na vida real, cada dia que passa essa cambada do governo aprofunda a tragédia brasileira.

@pablokossa/Mais Goiás | Foto: Jucimar de Sousa / Mais Goiás