Telemania

Crítica: Morbius (2022)

Longa-metragem estrelado por Jared Leto já está disponível para aluguel online

(Foto: Sony)

Após dar oportunidade e ir ao cinema assistir aos dois filmes solo, e péssimos, do “Venom”, eu resolvi não gastar meu dinheiro apostando em “Morbius”. Além dos trailers horríveis, não vou continuar colaborando com a Sony nesta investida de criar um universo compartilhado com os vilões do Homem-Aranha, mas sem o personagem essencial que liga todos eles.

E agora “Morbius” está disponível para aluguel online, e bem… é outro desses filmes criados por acionistas de estúdio que visam apenas o dinheiro, mas sem nenhuma preocupação com o lado artístico. Cinema é uma indústria milionária, e trabalhar visando o lucro não é o problema, mas quando isto é apenas o único objetivo e o produto final é como uma embalagem de salgadinnho onde boa parte é só vento, temos algo como “Morbius”.

Além do visual sem personalidade, “Morbius” nem como Sessão da Tarde funciona. Não possui nenhuma cena de ação minimamente boa, a trilha sonora é uma cópia descarada (em muitos momentos) do “Batman Begins” de Christopher Nolan, e a equipe de marketing ainda teve a cara de pau de iludir o público com referências ao Homem-Aranha nos trailers, mas nenhuma cena está realmente presente no filme – tudo isso para beber da fonte da Marvel Studios, mas mentindo sem pudor para a plateia. Apenas as cenas durante os créditos finais criam esta liga, e ainda assim, soam jogadas e sem nenhum tipo de planejamento (além de não fazerem sentido com o que foi dito em “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”).

E não fazer sentido é algo que este “Morbius” faz bastante. O roteiro é confuso ao explicar, e mostrar, a transformação do personagem e sua necessidade de sangue para controlar, ou não, a criatura vampiresca. Além de outras escolhas de roteiro que não seriam incômodas se, ao menos, o filme fosse divertido (e diversão não é também a praia de Jared Leto – zzzzz).

Enfim, “Morbius”, assim como “Venom”, é a Sony chamando o público de imbecil e entregando um material de péssima qualidade como se qualquer coisa fosse o bastante para fazer dinheiro (o que, infelizmente, dá certo muitas vezes). O estúdio está planejando outros filmes de vilões do Homem-Aranha, e eu, mais uma vez, vou recusar a ida ao cinema. Repito: meu dinheiro, somente, pode não fazer a diferença para os cofres da Sony, mas faz para o meu bolso. Obrigado.

Morbius/EUA – 2022

Dirigido por: Daniel Espinosa

Com: Jared Leto, Matt Smith, Jared Harris, Tyrese Gibson, Adria Arjona…

Sinopse: Baseado no personagem de mesmo nome da Marvel Comics, Michael Morbius (Jared Letto) sempre sofreu com uma condição rara em seu sangue que o faz andar de bengala e desde criança ser excluído por outros, mas sua vida solitária foi preenchida por livros. Após se formar na faculdade, Doutor Morbius é renomado na área de biomedicina e tenta achar uma cura para sua rara condição, afim de não apenas se ajudar, mas ajudar outras pessoas que também sofrem como ele. Experimentando com o DNA de morcegos, Morbius espera achar a cura e se usa como teste para o soro. Usando o DNA que isolou e uma mistura de eletrochoque, a cura foi um sucesso temporário, mas os efeitos colaterais acabaram transformando-o em um pseudo-vampiro e que agora precisa sobreviver como um. Apesar de ganhar capacidades iguais a de um morcego, Morbius precisa de sangue humano para sobreviver, os efeitos colaterais também o fez mudar fisicamente, ganhando presas e uma pele pálida. Além disso, a cada pessoa que ele morde, ela também vira um ser igual a ele.

Morbius - Filme 2022 - AdoroCinema