Agência O Globo

Bolsonaro nomeia o ator Mario Frias secretário especial da Cultura

Ele ocupará o cargo que era da atriz Regina Duarte

cinemateca bolsonaro Mario Frias toma posse como quinto secretário da Cultura do governo Bolsonaro
O novo secretário especial de Cultura, Mário Frias, assinou o termo de posse no final da tarde desta terça-feira (23). "Foi apenas o ato de assinatura da posse, no gabinete do ministro, no final da tarde", informou a assessoria de imprensa do Ministério do Turismo, da qual a Secretaria Especial de Cultura faz parte.

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o ator Mario Frias para chefiar a Secretaria Especial da Cultura. Entusiasta do governo Bolsonaro, ele era o principal cotado para substituir a atriz Regina Duarte, que comandava a pasta. A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial na noite desta sexta-feira.

O nome de Frias vinha sendo ventilado com força desde a saída de Regina Duarte da Secretaria. A saída da atriz foi anunciada pelo presidente da República em maio. Um dia depois, Mario Frias publicou um vídeo no Instagram no qual comenta a possibilidade de aceitar o convite que teria recebido de Bolsonaro: “Agora sim existe essa possibilidade real, mas só quem pode divulgar e assinar é o presidente”.

O ator de 48 anos, um dos poucos artistas a comparecer à posse de Regina, já era cotado desde o começo do mês passado, quando a fragilidade da atriz no cargo se acentuou. Ele chegou a almoçar com o presidente, publicando em seguida: “Pra quem ainda não entendeu, vou deixar aqui o mais claro possível: aqui é Jair Bolsonaro.”

Atualmente, ele apresenta o programa de turismo “A melhor viagem”, na Rede TV, mas a maior parte do público vai se lembrar de sua época de protagonista do seriado teen “Malhação“, no fim dos anos 1990.