Bolsonaro venceu em 21 capitais brasileiras: Goiânia ficou em quarto lugar

Cidade ficou atrás apenas de Rio Branco, Boa Vista e Curitiba. Aqui, o presidenciável conseguiu mais de 74% dos votos válidos

Goiânia foi a quarta capital brasileira que mais votou no deputado federal Jair Bolsonaro (PSL). O militar reserva do Exército foi eleito o novo presidente da República e governará o país nos próximos quatro anos.  O militar venceu em 21 capitais do país e, na capital goiana alcançou 74,20% dos votos válidos.

A segunda maior capital do centro-oeste brasileiro só ficou atrás de Rio Branco, no Acre, onde o deputado conseguiu a maior porcentagem de votos válidos: 82,77%. Seguindo a sequência, vem Boa Vista (RR). com 78,64% e Curitiba (PR), com 76,54%.

As demais capitais foram Campo Grande (MS) com 71,27%; Brasília (DF) com 69,99%; Porto Velho (RO) com 68,94%; Cuiabá (MT) com 66,94%; Rio de Janeiro (RJ) com 66,35%; Manaus (AM) com 65,72%; Belo Horizonte (MG) com 65,59%; Palmas (TO) com 64,88%; Florianópolis (SC) com 64,86%; Vitória (ES) com 63,19%; Maceió (AL) com 61,63%; São Paulo (SP) com 60,38%; Porto Alegre (RS) com 56,85%; Macapá (AP) com 55,15%; Belém (PA) com 54,93%; João Pessoa (PB) com 54,80%. Natal (RN) aparece com 52,98%.

Bolsonaro perdeu em apenas seis capitais, todas do Nordeste: Recife (PE), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), São Luis (MA), Teresina (PI) e Salvador (BA). Nestas, o candidato do PT, Fernando Haddad, foi vitorioso: respetivamente recebeu 52,20%, 52,76%, 55,61%, 57,76%, 62,73% e 68,59 dos votos. Uma curiosidade é que as capitais de Pernambuco e Sergipe, no primeiro turno, deram a vitória para Jair Bolsonaro. Na capital cearense, o favoritismo no primeiro turno foi em Ciro Gomes (PDT), que ficou em terceiro lugar na corrida presidencial.