Cadeirante tem mal súbito e morre no Terminal Garavelo, em Aparecida

Caso foi registrado na manhã desta terça-feira (1º)

Mulher sofre infarto fulminante e morre no Terminal Garavelo, em Aparecida de Goiânia
Mulher sofre infarto fulminante e morre no Terminal Garavelo, em Aparecida de Goiânia - (Foto: Divulgação)

Uma mulher de 38 anos morreu após sofrer um provável infarto fulminante dentro do Terminal Garavelo, em Aparecida de Goiânia. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o caso aconteceu por volta de 5h05 da manhã desta terça-feira (1º).

Conforme registro da ocorrência, uma senhora em uma cadeira de rodas, acompanhada pelo seu companheiro e de uma criança de 10 anos adentraram o terminal sem efetuar o pagamento da passagem e informaram para um funcionário que a senhora não estava passando bem.

Nesse momento a unidade do Samu USB foi acionada e chegou ao Terminal às 5h30, constatando o óbito da mulher. Na ocorrência é apontado como a provável causa da morte infarto fulminante.

Às 6h08, o corpo foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia. Não há informações sobre velório e sepultamento.

Procurada, a RedeMob Consórcio que administra a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos não se pronunciou sobre o assunto.