Cães são abandonados em saco plástico na porta de abrigo em Goiânia

De acordo com Lívia Passos, proprietária do local, o material estava lacrado, e, assim, deixou os animais sem oxigênio

Cães são abandonados em saco plástico na porta de abrigo em Goiânia
Cães são abandonados em saco plástico na porta de abrigo em Goiânia

No último domingo (20), por volta das 13h30, dois cães foram abandonados por dois homens em um saco plástico na porta do Abrigo dos Animais Refugados, em Goiânia. De acordo com Lívia Passos, proprietária do local, o saco estava lacrado e deixou os animais sem oxigênio. “E estava um calor de 40ºC na cidade”, conta a mulher, que denunciou os homens na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). Câmeras de segurança gravaram o momento em que os bichinhos foram deixados na calçada.

Veja o vídeo de quando os cães foram deixados e também encontrados:

 

“Quase todos os dias deixam animais na porta do abrigo, mas os homens praticaram dois crimes: abandono e maus-tratos”, afirma Lívia. Ela conta, ainda, que um dos cachorros deixados na calçada do abrigo é filhote e o outro já idoso. Ambos machos.

Atualmente, Lívia cuida de 235 animais: são 140 cães e 95 gatos. Ela tem o apoio de 30 voluntários e dois funcionários fixos. “Vivemos de doações e tiramos dinheiro do próprio bolso, pois se gasta muito, com ração, exames e medicamentos, já que boa parte dos animais chegam ao abrigo já debilitados”, relata.

De acordo com o delegado Luziano Carvalho, titular da Dema, uma investigação do caso será realizada.  “É uma questão séria, pois as pessoas ainda têm o animal como objeto, que não sente dor, que pode ser descartado”, avalia. “Mas não é assim, tem que cuidar e é algo que se muda com uma nova cultura”, afirma Luziano.