Caiado e Gustavo Mendanha são vítimas da mesma fake news

Montagem atribui fala da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, aos goianos

Caiado e Gustavo Mendanha são vítimas da mesma fake news
Caiado e Gustavo Mendanha são vítimas da mesma fake news (Foto: Reprodução)

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (União Brasil) e o ex-prefeito e pré-candidato ao governo, Gustavo Mendanha (Patriota), foram vítimas da mesma fake news. Montagens colocaram os adversários políticos com um comentário que, na verdade, foi feito pela presidente do PT, Gleisi Hoffman.

“Inflação da cesta básica já bate 21% em doze meses. Com isso, o preço dela já equivale a 58,57% do salário mínimo e a fome que atinge 19 milhões de brasileiros deve se agravar. E Bolsonaro? Tá fazendo o quê?”, diz o texto da petista publicado em rede social.

No Twitter, Mendanha criticou a montagem divulgada na segunda-feira (18). “A campanha eleitoral nem começou e uma enxurrada de mentira circula pelos aplicativos de mensagens tentando desinformar a população. Na noite desta segunda, 18, circulou esta montagem grotesca e mentirosa. Reforço meu compromisso com a verdade e a absoluta transparência”, escreveu.

Caiado, por sua vez, disse que quem não tem argumentos e propostas apela para fake news. “Numa montagem grosseira, adversários estão espalhando como se fosse minha uma postagem da deputada Gleisi Hoffman sobre cesta básica e governo federal. Nunca fiz tal comentário.”

Ela ainda alertou que a divulgação de notícias falsas é crime. “Espalhar fake news é crime e um desrespeito à democracia. Denota também desespero de quem produz e falta de respeito com o eleitor. Fiquem atentos à verdade. Meus posicionamentos políticos são muito claros e qualquer um pode conferir aqui nas nossas redes.”

Além dos dois, são pré-candidatos do governo do Estado: major Vitor Hugo (PL), professora Helga (PCB), Wolmir Amado (PT) e Edigar Diniz (Novo). Caiado e Mendanha – junto de Marconi Perillo (PSDB), que não definiu o que disputará esse ano – lideram, segundo pesquisa de fevereiro deste ano.

Confira a postagem original: