Caiado escolhe Ana Cristina Peternella França para vaga de desembargadora

Procuradora assumirá a vaga reservada ao quinto constitucional do MP; ela liderou a lista tríplice definida do Órgão Especial do TJGO

Caiado escolhe Ana Cristina Peternella França para vaga de desembargadora
Caiado escolhe Ana Cristina Peternella França para vaga de desembargadora (Foto: Reprodução - TJGO)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) escolheu a procuradora Ana Cristina Ribeiro Peternella França para o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). Ela assumirá a vaga reservada ao quinto constitucional do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO).

Ana Cristina liderou a lista tríplice definida do Órgão Especial do TJGO. Ela teve 17 votos em sessão realizada no último dia 20 de junho. O decreto com a nomeação sai ainda nesta quinta-feira (23).

O anúncio oficial ocorreu no Palácio das Esmeraldas, na manhã desta quinta. Participaram da reunião o governador, a procuradora, o presidente do TJGO, desembargador Carlos França, o procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi, a subprocuradora-geral de Justiça para assuntos institucionais do MPGO, Laura Maria Ferreira Bueno, e a procuradora-geral do estado, Juliana Diniz Prudente.

“Ao longo de toda a minha carreira no Ministério Público de Goiás, instituição que orgulhosamente integrei por mais três décadas, procurei atuar com responsabilidade, ética e retidão. Aprendi, durante esse longo tempo, a respeitar e admirar o Poder Judiciário do Estado de Goiás”, afirmou Ana, que agradeceu a votação e a nomeação.

“Recebo, com destacada honra e humildade, a confiança que me foi depositada por sua Excelência o governador Ronaldo Caiado e espero contribuir, com muito trabalho e disposição, para a construção diária de uma sociedade mais justa e igualitária”, concluiu.

Ana Cristina

Ana Cristina faz parte do MPGO desde 1989. Ela atuou em Fazenda Nova, Niquelândia, Formosa e Itaberaí, tendo sido promovida, em 1995, para a 25ª Procuradoria de Justiça.

Tem no currículo a coordenação do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Centro de Apoio Operacional Cível, além de ter sido subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Jurídico-Institucionais, subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, membro do Conselho Superior do Ministério Público e subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos.