Caiado visita hoje Teresina de Goiás e Monte Alegre, municípios afetados pela chuva

Após pernoitar em Alto Paraíso de Goiás, o governador volta neste sábado (1º) à Teresina de Goiás e também a Monte Alegre de Goiás

Caiado segue em comitiva por municípios do Nordeste de Goiás afetados pela chuva
Após pernoitar em Alto Paraíso de Goiás, o governador volta neste sábado (1º) à Teresina de Goiás e também a Monte Alegre de Goiás (Foto: Divulgação)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) lidera uma comitiva que está percorrendo os municípios do Nordeste de Goiás que foram mais duramente afetados pelas chuvas que se abateram na região, prejudicando vias de acesso e deixando famílias isoladas pela água. Após pernoitar em Alto Paraíso de Goiás, o governador volta neste sábado (1º) à Teresina de Goiás e também a Monte Alegre de Goiás.

De acordo com o governo de Goiás, 1,6 mil cestas básicas e 600 cobertores já foram distribuídos para comunidades do Vão das Almas, Vão do Moleque e do Rio Bonito, locais onde cerca de 400 famílias foram atingidas. O governo informou que, por conta da dificuldade de acesso, boa parte das doações está sendo levada de barco até as comunidades.

Na última sexta-feira (31), devido à falta de condições de decolagem, o governador deixou Porangatu por volta de 8h30 e fez o trajeto por terra, passando por Minaçu, Colinas do Sul e Teresina de Goiás, onde chegou após cerca de 10 horas de viagem e 500 quilômetros percorridos, 200 deles em estrada de terra.

Vale destacar que Caiado decretou, na segunda-feira (27), calamidade provocada por desastre súbito e chuvas torrenciais. O documento prevê apoio necessário para os moradores de 14 municípios: Colinas do Sul, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos, Divinópolis de Goiás, São Domingos, Iaciara, Formoso, Niquelândia, São João D’Aliança, Guarani, Flores de Goiás, Teresina de Goiás e Alto Paraíso.

Hoje, o governador Ronaldo Caiado retorna à Teresina de Goiás e Monte Alegre de Goiás (Foto: Divulgação)

Ajudas e reparos no Nordeste de Goiás

Na última quinta-feira (30), o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra), Pedro Sales, apresentou um plano de contingência para a região Nordeste que prevê o investimento de R$ 80 milhões em ações de atendimento à situação emergencial decorrente das condições climáticas.

Uma série de intervenções nas rodovias da região está prevista, algumas com início da obra começando nesta segunda-feira (3). Na GO-118, uma das mais afetadas, já foram descarregadas 13 carretas de pedra para servir de escora e fazer a base do aterro. O tráfego foi liberado no local, mas apenas para ambulâncias e viaturas do Corpo de Bombeiros, para que as pessoas que estejam em necessidade de emergência possam ter o deslocamento naquela faixa estreita que sobrou.

Veja a lista de rodovias que receberão intervenção:

Em andamento
– GO-241, recuperação do bueiro entre Mutunópolis e Estrela do Norte. O prazo para a entrega da obra é de 20 dias trabalhados.
– GO-241, recuperação do encabeçamento da ponte entre Santa Teresa Goiás e Formoso. Previsão para entrega da obra é de 20 dias trabalhados.
– GO-118, recuperação da erosão entre Alto Paraíso e Teresina de Goiás, que será executada em 45 dias trabalhados. A equipe emergencial também se mobiliza na rota alternativa à GO-118, que é a estrada vicinal que liga Cavalcante e Colinas do Sul. Por lá, já começam os serviços de levantamento de greide e cascalhamento, que darão trafegabilidade à travessia.

Outros trechos começam a receber ações emergenciais e preventivas a partir da próxima segunda-feira (3):

Não pavimentadas
– GO-132, de Santo Antônio da Cana Brava à divisa de Goiás com o Tocantins.
– GO-132, de Niquelândia a Colinas de Sul.
– GO-593, do entroncamento com a GO-464 até a divisa de Goiás com o Tocantins.
– GO-464, de Barragem Cana Brava até a Balsa do Cana Brava.
– GO-452, de Campos Belos à divisa de Goiás com a Bahia.
– GO-110, de Divinópolis, passando pelo Distrito de Porteira até GO-452 (Campos Belos).
– GO-447, de Divinópolis de Goiás a Monte Alegre de Goiás.
– GO-549, do entroncamento com a GO-447 até a GO-118.
– GO-110, de Iaciara a Água Quente.
– GO-236, de Flores de Goiás a Alvorada do Norte.
– GO-114, de Flores de Goiás até o entroncamento com a GO-239.

Pavimentadas
– GO-464, de Minaçu à Barragem Cana Brava.
– GO-132, de Santo Antônio da Cana Brava ao entroncamento com a GO-241.
– GO-110/463, do entroncamento com a BR-020 até Divinópolis de Goiás. Equipes já estão na região trabalhando na GO-110 (Divinópolis/Campos Belos).
– GO-446, de Iaciara a Posse.
– GO-108, de Posse a Guarani de Goiás.