Calor marca virada de ano em Goiânia; frente fria pode vir no final de semana

Previsão do Cimehgo é de capital registre 27ºC na virada, com 60% de umidade relativa. Veja previsão para demais regiões do estado

Virada de ano será de calor em Goiânia; frente fria pode vir no final de semana
Virada de ano será de calor em Goiânia; frente fria pode vir no final de semana

A virada para 2021 em Goiânia será de muito calor, segundo informações do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo). A previsão é que a capital registre 27ºC à meia noite. A umidade relativa prevista é de 60% no Réveillon. A boa notícia é que pode haver frente fria no final de semana.

O gerente do Cimehgo, André Amorim, destaca que essa quinta-feira (31) será de muita variação e nebulosidade. A região Centro-Sul de Goiás poderá contar com pancadas isoladas durante o final da tarde. As regiões Sul e Sudoeste são as únicas que podem ter chuvas na hora da virada.

André conta que, a partir do dia 1º de janeiro, há previsão de uma massa fria que estacionará na região Sudoeste do Brasil, espalhar nebulosidade no Centro-Oeste brasileiro e formar regiões de instabilidades no estado.

As temperaturas, então, podem cair com a combinação nebulosidade e calor formando chuvas, que podem ser mais intensas em todas as regiões de Goiás. O gerente pede para que todos tenham cuidado, já que a previsão é que as pancadas de chuva venham acompanhadas de ventos e raios.

Pouca chuva

André conta que os últimos três meses de 2020 foram de chuvas abaixo da média em Goiânia. O mês de dezembro, por exemplo, registrou, até a última quarta-feira (30), 238 milímetros de chuva. A previsão da climatologia era de 290 milímetros neste mês. O gerente ressalta que outubro e novembro foram ainda piores.

Tempo seco em Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Registro de calor e tempo seco em Goiânia (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

A situação não será diferente no primeiro trimestre de 2021, período pelo qual a chuva tende a se estender em Goiás. “A gente contará com muita variabilidade no tempo com chuvas muito intensas em alguns dias e outros de muito calor. Pancadas isoladas, que são aquelas que caem em algumas regiões do estado, serão muito presentes”, sublinha.