Câmara de Goiânia retoma transmissões no Youtube após suspensão por fake news

A plataforma suspendeu o canal por sete dias por causa de dois vídeos com informações falsas sobre a vacina contra a Covid-19

Câmara de Goiânia retoma transmissões no Youtube após suspensão por fake news
Câmara de Goiânia retoma transmissões no Youtube após suspensão por fake news (Foto: Câmara de Goiânia)

A Câmara Municipal de Goiânia retomou, nesta segunda-feira (2), a transmissão de atividades da Casa pelo YouTube após suspensão por fake news. O canal oficial (tvcamaragyn) exibiu sessão especial em homenagem a jornalistas da capital. Na semana passada, a plataforma suspendeu o canal para transmissões por sete dias.

A medida ocorreu por causa de dois vídeos com informações falsas sobre a vacina contra a Covid-19, que geraram duas notificações.

O YouTube também havia proibido a Casa de utilizar canal alternativo, da Escola do Legislativo, para as transmissões. Durante o período suspenso, a Câmara Municipal transmitiu sessões por meio do Facebook.

Entenda

Em setembro do ano passado, a plataforma emitiu a primeira notificação após a transmissão de uma audiência pública realizada pela vereadora Gabriela Rodart (DC) sobre o passaporte vacinal. No vídeo tiveram “informações médicas inverídicas”, segundo o Youtube.

A segunda notificação, cuja motivação não foi esclarecida, ocorreu no último domingo 24 de abril deste ano, com base em transmissão de 31 de agosto do ano passado da sessão plenária. Na data, também houve falas contra a vacina, mas o Youtube disse, apenas, que houve conteúdo impróprio. Caso haja nova notificação, o Legislativo municipal pode perder o canal oficial.

A Diretoria de Comunicação da Câmara de Goiânia informou que atua para garantir a transmissão regular de suas atividades parlamentares, conciliando as regras estabelecidas pelas plataformas (que por sua vez cumprem normas definidas pelas instituições competentes) e o exercício dos mandatos.