Estadao Conteúdo

Câmara rejeita proposta de retirar da pauta PEC dos Gastos Públicos

Para aprovar proposta que cria um teto para os gastos em primeiro turno, governo precisa de 308 votos no Plenário

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou por 308 votos a 14 novo requerimento da oposição para a retirada de pauta da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que cria um teto para o crescimentos dos gastos públicos.

Como a discussão sobre a matéria já foi encerrada na sessão anterior, pouco depois das 18h, a expectativa é de que votação do texto-base do projeto ocorra na sequência. Além disso, 11 destaques estão protocolados na Mesa e serão votados em separado.

No momento, 468 deputados estão na Casa, sendo que 430 voltaram a marcar presença na sessão. Para aprovar o teto de gastos em primeiro turno na Câmara, o governo precisa de 308 votos no Plenário.