Camila Pitanga rebate críticas por namoro hétero: ‘B não é de Beyoncé’ 

Atriz assumiu romance com o professor universitário Patrick Pessoa

Patrick Pessoa Camila Pitanga rebate críticas por namoro hétero: 'B não é de Beyoncé' 
Fotos: Reprodução - Redes sociais

Depois de assumir o namoro com com o professor universitário Patrick Pessoa, Camila Pitanga usou as redes sociais para comentas as críticas que vem recebendo por causa do “namoro hétero”. Em dezembro do ano passado a atriz, que é bissexual, terminou o relacionamento de dois anos com a artesã Beatriz Coelho.

“Gente, a letra B da sigla não é de Beyoncé não, tá?! Amem e sejam felizes. Eu tô!”, publicou Camila no Twitter. No tweet a atriz refere-se à sigla LGBTQIA+, deixando bastante claro que é bissexual.

A relação entre Camila Pitanga e Patrick foi anunciada pela atriz na última terça-feira (4), através do Instagram. Na ocasião, a artista postou uma foto do professor universitário vestindo uma jaqueta amarela, com a legenda: “Amarelo é a cor mais quente. Amo amarelo”.

O namoro também foi confirmado pela assessoria de Pitanga. Patrick Pessoa tem 46 anos e, assim como Camila, é carioca. Ele leciona Filosofia na Universidade Federal Fluminense (UFF).

Camila Pitanga deixa Globo após 27 anos na emissora

Em junho do ano passado a atriz Camila Pitanga não teve o contrato renovado com a TV Globo e deixou de fazer parte da emissora após 27 anos de trabalho. Segundo a coluna de Patrícia Kogut, agora Camila será contratada por obra, novo vínculo que o canal tem adotado.

Nesse novo modelo, o artista pode trabalhar em produções da emissora, mas o contrato é vigente somente enquanto a obra estiver no ar.

Camila Pitanga estreou na Globo em 1993, na minissérie “Sex Appel”. A atriz participou de mais de 30 produções, como “Cama de Gato” (2009), “Babilônia” (2015) e “Velho Chico” (2015). Atualmente ela pode ser vista na série “Aruanas”, ao lado de Leandra Leal e Débora Falabella.

Além de Pitanga, outros atores do primeiro escalão da Globo deixaram de ter contrato fixo. É o caso de Otaviano CostaMalu Mader, Carolina Ferraz, Malvino Salvador, Bianca Bin, Bruno Gagliasso e José de Abreu, que irá tentar carreira internacional.