Caminhoneiro é preso pela segunda vez por dirigir embriagado na BR 060, em Rio Verde

Só no mês de fevereiro é a segunda vez que o motorista é preso dirigindo embriagado. Família se recusa em pagar a multa.

Um caminhoneiro foi preso na noite desta terça-feira (20) por dirigir embriagado. Ele estava com a carreta tombada na BR 060, no perímetro urbano de Rio Verde, no Sul do Estado. É a segunda vez neste mês que esse mesmo motorista é preso por dirigir embriagado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu a informação através do 191 de que uma carreta estaria tombada no acostamento da BR-060, no perímetro urbano de Rio Verde. Chegando no local os policiais perceberam que o motorista havia ingerido bebida alcoólica.

“Quando ele percebeu a presença da nossa equipe, ele tentou fugir correndo pela BR, mas foi contido pelos policiais e algemado”, afirma o Inspetor da PRF, Newton Morais.

Foi feito o teste do bafômetro e o resultado comprovou que o caminhoneiro estava embriagado, com teor alcoólico de 0,88mg/l, onde foi constatado o crime de trânsito.

De acordo com a PRF, a carreta que estava carregada de milho continua tombada no acostamento da BR.

2º VEZ EM FEVEREIRO

Durante uma consulta nos sistemas da PRF, os agentes descobriram que esse mesmo condutor, que é do Rio Grande do Sul, foi preso no dia sete de fevereiro também por dirigir embriagado.

Ele foi flagrado no mesmo local dirigindo em zig zag pela BR-060.

O caminhoneiro foi preso e conduzido para a Central de flagrantes de Rio Verde, onde foi estipulado a fiança de R$3.000 mil reais. A família dele foi informada, mas se recusaram a pagar o valor porque estavam contrariados com a reincidência do infrator.

Por ter cometido pela segunda vez o mesmo crime, o motorista foi penalizado com o dobro da multa aplicada no primeiro flagrante, totalizando R$5.868 reais e poderá ter o direito de dirigir suspenso por um ano.