Carcereiro é morto a tiros na porta de presídio em Quirinópolis

A vítima era o único carcereiro de plantão para cuidar de 140 presos

Um carcereiro do CIS, Centro de Inserção Social de Quirinópolis, foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (24/07).

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o carcereiro Tiago da Silva rocha, de 21 anos, foi atender um chamado no portão do CIS quando dois homens chegaram para fazer uma susposta entrega de um colchão e outros objetos para um preso.

Ao abrir o portão, o carceiro foi surpreendido pelo homem. O suspeito sacou a arma e atirou no rosto de Tiago da Silva. O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Após o crime, o suspeito e um comparsa fugiram em uma motocicleta.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas, mas ao chegarem ao local encontraram a vítima já sem vida. Tiago era o único carcereiro de plantão para cuidar de 140 presos.

A polícia ainda não tem pista do autor e nem da motiviação do crime.