Casal acusa cigana de sumir com R$ 60 mil e não realizar o serviço, em Goiânia

Marido conta que ao pedir para a suposta cigana devolver o valor, ela afirmou que colocou fogo no dinheiro

Casal denuncia suposta cigana por cobrar R$60 mil para resolver problemas no casamento e sumir o dinheiro em Goiânia
Casal denuncia suposta cigana por cobrar R$60 mil para resolver problemas no casamento e sumir o dinheiro em Goiânia (Foto: Reprodução/Vídeo)

Um casal de Tocantins sofreu prejuízo de R$60 mil ao cair em um golpe aplicado por uma suposta cigana de Goiânia. No boletim de ocorrência, as vítimas relatam que procuraram a mulher para “quebrar maldições e resolver problemas espirituais” no casamento, mas a cigana não cumpriu com o combinado e sumiu com o dinheiro.

Para a Polícia Civil, o casal contou que a mulher os ameaçou com alerta de que coisas ruins iriam acontecer com a família, principalmente com os filhos, caso não dessem mais dinheiro.

Casal encontrou a mulher na internet e saiu de Tocantins para Goiânia em busca de auxilio espiritual

Em um vídeo enviado para o casal, a suposta cigana aparece com o dinheiro em uma mesa e diz frases que, segundo ela, são bênçãos para desfazer “trabalhos” feitos por outra mulher na vida deles. “Peço a permissão dos meus anjos, meus guias, para cruzar todo mal e inveja”, diz a mulher no vídeo.

O casal conheceu a mulher pelas redes sociais e saiu de Tocantins para Goiânia em busca de soluções espirituais para resolver problemas no casamento. Para realizar a primeira consulta, a cigana cobrou R$100 e os três fecharam um acordo para o auxilio espiritual.

Cigana pediu R$50 mil para desfazer “maldição” contra o homem

Já na primeira consulta, a mulher contou que algo de ruim iria acontecer com o marido e pediu R$50 mil para desfazer a “maldição” com a alegação de que devolveria o dinheiro assim que finalizasse o trabalho, mas isso não aconteceu.

Em outra situação, a cigana relatou que precisaria de mais R$10 mil para resolver um problema no casamento. O casal pegou dinheiro emprestado com o pai da esposa e vendeu o carro da família para conseguir o dinheiro e pagar pelo serviço.

Casou sofreu ameaças após  pedir o dinheiro de volta

Na última consulta, a mulher pediu R$150 mil para desfazer um “trabalho” que outra mulher teria realizado para acabar com o casamento deles, mas a esposa afirmou que não tinha o valor, solicitou que encerrasse o procedimento e pediu o dinheiro de volta, mas a cigana não devolveu e afirmou que teria ateado fogo no dinheiro.

A cigana então fez ameaças com relatos de que coisas ruins aconteceriam com a família, principalmente com filhos, caso não passassem mais dinheiro. Ao perceber que caíram em um golpe, o casal procurou a Polícia Civil e denunciou a mulher por estelionato.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil, caso condenada, a suposta cigana pode pegar até oito anos de reclusão.

Leia outras notícias no Mais Goiás

“Quintilhões”: surgem novas mil supostas vítimas do pastor goiano réu por estelionato

Suspeitos de aplicar golpes na compra e venda de imóveis são presos em Bela Vista (GO)

Ex-servidor público e comparsa são presos por venda irregular de terrenos em Mineiros (GO)

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt