Casal que vendia objetos roubados em residências de Goiânia é preso em Nova Crixás (GO)

Homem e mulher ostentavam uma vida de luxo com viagens e bebidas caras com dinheiro oriundo da comercialização dos produtos roubados

Casal que comercializava objetos roubados em residências é preso em Nova Crixás
Casal que comercializava objetos roubados em residências é preso em Nova Crixás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem e uma mulher foram presos pela Polícia Civil por serem suspeitos de comercializar objetos oriundos de roubos, em Nova Crixás. Segundo a polícia, o casal integra uma organização criminosa especializada em roubo a residências e foi localizado no distrito de São José dos Bandeirantes, na terça-feira (21). Os dois foram encaminhados para a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC).

Ambos foram identificados após a polícia investigar um roubo em uma residência do setor Jardim Balneário Meia Ponte, em Goiânia, ocorrida em 29 de agosto de 2021. Armados, os suspeitos invadiram a casa de uma mulher de 54 anos, ameaçaram-na e roubaram diversos objetos da residência.

“Durante a investigação desse assalto, descobrimos que havia uma associação criminosa que praticava roubos a residências na capital. Temos elementos que comprovam que o casal fazia os ajustes prévios com os executores do crime, além de terem a função de comercializar os objetos roubados e transformá-los em dinheiro, em proveito da associação criminosa”, explica o delegado Murillo Leal, responsável pelo inquérito.

Segundo Murillo, o casal recebia os produtos roubados no mesmo dia do crime ou no dia seguinte e já os comercializavam.

Casal ostentação

“Eram ‘casal ostentação’, pois, com o proveito do crime, eles ostentavam viagens para praia e consumo de bebidas caras, em redes sociais abertas ao público”, comenta o delegado.

A identidade e a imagem dos dois suspeitos não foram divulgadas para não comprometer o andamento da investigação, visto que os demais membros da organização ainda não foram identificados.

Os dois seguem detidos, à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias no Mais Goiás

Idosa é torturada e morta por ladrões de residência em Goiânia

Mulher que matou patrão por suposta dívida de faxina pode ter roubado casa de idoso em Jataí (GO)

Empresário suspeito de roubar artigos de luxo em Goiás e no Pará é preso em Goiânia

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt