Colisão entre caminhão e carreta na BR-153 foi causada por sono ao volante, em Aparecida

Um caminhão e uma carreta colidiram no início da manhã desta quinta-feira, próximo ao desvio da BR-153

Colisão entre caminhão e carreta foi causada por sono ao volante (Foto: PRF - Divulgação)
Colisão entre caminhão e carreta foi causada por sono ao volante (Foto: PRF - Divulgação)

A colisão traseira envolvendo dois veículos de carga no início na BR-153 nesta quinta (30) foi causada por sono ao volante. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), motorista do caminhão dormiu e colidiu na traseira de uma carreta que seguia à frente, no mesmo sentido. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 509 da rodovia, a um quilômetro do desvio da pista, em Aparecida de Goiânia.

O condutor responsável pela colisão ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

Dinâmica do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor de um caminhão carregado com gordura vegetal, com destino a Anápolis, dormiu na direção do veículo e colidiu na traseira da carreta que seguia à frente. O veículo pesado estava carregado com alho, seguindo para a Central de Abastecimento de Goiânia (Ceasa).

Equipes de operações da concessionária responsável pela rodovia tiveram que usar um guincho pesado para fazer a retirada do veículo. O caminhão e carreta foram removidos da via por volta das 7h.

Cuidados no trânsito em viagens no período de Réveillon

A PRF reforça orientações para quem vai pegar a estrada neste fim de ano. A corporação alerta que é necessário estar atento aos diferentes cenários de trânsito que o motorista deve encontrar no seu percurso e reduzir a velocidade ao se deparar com qualquer condição adversa, como pista molhada, defeitos no pavimento, redução brusca de velocidade dos veículos que seguem à frente ou sinalizações que indiquem interdições na via.

Outra conduta importante destacada pela PRF é de evitar as viagens noturnas, especialmente neste período chuvoso, pois o motorista pode ser surpreendido com árvores caídas e buracos na pista. Portanto, em viagens à noite, o cuidado deve ser redobrado.