Com estiramento, argentino Di María está fora da Copa

A contusão de Di María cria um problema tático para o técnico Alejandro Sabella

O meia Ángel Di María, um dos principais jogadores da Argentina, está fora do Mundial. Ele sofreu um estiramento muscular na coxa direita, foi substituído ainda no primeiro tempo da partida contra a Bélgica, neste sábado, e não terá tempo para se recuperar antes de uma eventual final, no próximo dia 13.

O jogador deixou o estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, chorando ao final da partida que classificou a Argentina para as semifinais depois de 24 anos. A informação foi confirmada pelo empresário do jogador, Eugenio Lopez, e também pela imprensa argentina. A AFA (Associação de Futebol Argentino) ainda não confirma a informação oficialmente.

Antes de ser substituído no jogo deste sábado, Di María era um dos jogadores mais ativos. Ele repetia as boas atuações dos últimos jogos até sentir dores na coxa e ser substituído aos 33 minutos. Na partida contra a Suíça, na última terça, por exemplo, ele foi autor do gol da vitória depois de passe de Lionel Messi.

A contusão de Di María cria um problema tático para o técnico Alejandro Sabella. Embora Enzo Perez tenha substituído bem o titular no jogo deste sábado, ele não tem a mesma habilidade e dinamismo do jogador do Real Madrid.