Com gol no fim, Flamengo derrota o Figueirense no Sul

Com resultado, rubro-negro sobe para 34 pontos, em 11.º lugar, mais distante da zona de rebaixamento

O momento não é mais de desespero para nenhum dos times, mas a partida entre Figueirense e Flamengo nesta quarta-feira era considerada um confronto direto pelas posições coladas dos dois times na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Quem levou a melhor foi o visitante, que conseguiu marcar no início do jogo e impôs seu ritmo ao adversário. O clube da casa teve que buscar o resultado, conseguiu empatar, mas cedeu a vitória por 2 a 1 no final, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 27.ª rodada.

Com o resultado, o Flamengo subiu para 34 pontos, em 11.º lugar, um pouco mais distante da zona de rebaixamento. Agora pega o líder Cruzeiro, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio. Já o Figueirense segue com 32 pontos, em 12.º, e encara o Atlético Paranaense, no mesmo dia, em Curitiba.

Mal começou e o jogo já foi paralisado por uma entrada dura de Luiz Antônio em Paulo Roberto, ainda no primeiro minuto. Com a bola rolando, o Flamengo começou a mostrar mais atitude, com duas boas jogadas até sair o gol, logo aos 4 minutos. João Paulo avançou pela esquerda e, livre, cruzou para o atacante Eduardo Silva marcar de cabeça.

O gol logo no começo ajudou a estratégia do técnico Vanderlei Luxemburgo de forçar contra-ataques. O Figueirense só conseguiu chegar na área aos 14 minutos, após uma falta em Giovanni Augusto. Marco Antônio cobrou bem para o goleiro Paulo Victor espalmar.

Na segunda metade da primeira etapa, o time da casa começou a reagir com mais posse de bola e mais chegadas. Por duas vezes a bola foi salva nas mãos do goleiro rubro-negro.

Na volta do intervalo, o ritmo continuou favorável ao Figueirense. Em seis minutos, foram três bolas de perigo e chances desperdiçadas. Até que o empate finalmente saiu, aos 11 minutos. Logo em seguida a um gol desperdiçado por displicência por Eduardo da Silva, o atacante Mazola, que entrou no final do primeiro tempo, recebeu de Marcão e, cara a cara com o goleiro, manda a bola no canto esquerdo do gol.

A partir do empate, restou a Luxemburgo buscar a vitória. O time visitante começou a se soltar mais, principalmente pelas laterais com Léo Moura. O Figueirense teve que compensar endurecendo a marcação: recebeu três cartões amarelos em três minutos. Mas a força de vontade foi maior e Nixon conseguiu acertar uma bola de rebote, após escanteio, aos 47 minutos.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 x 2 FLAMENGO

GOLS – Eduardo Silva, aos 4 minutos do primeiro tempo; Mazola, aos 11, e Nixon, aos 47 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS – França, Willian Cordeiro, Thiago Heleno, Giovanni Augusto e Clayton (Figueirense); Paulo Victor e Gabriel (Flamengo).
ÁRBITRO – Flávio Rodrigues Guerra (SP).
RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.
LOCAL – Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

FIGUEIRENSE – Tiago Volpi; Willian Cordeiro (Jefferson), Nirley, Thiago Heleno e Pedroso; Paulo Roberto, França (Mazola), Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton e Marcão (Everaldo). Técnico: Argel Fucks.

FLAMENGO – Paulo Victor; Léo Moura, Marcelo, Chicão e João Paulo; Márcio Araújo, Canteros, Luiz Antônio (Gabriel) e Everton; Eduardo da Silva (Nixon) e Alecsandro (Muralha). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.