Conar suspende propaganda de livro de figurinhas com Larissa Manoela

O conselho considerou que o anúncio tem "apelos imperativos de consumo"; equipe da atriz teen pode recorrer a decisão

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) suspendeu um anúncio do livro de figurinhas digital da atriz e cantora teen Larissa Manoela. Segundo o órgão, a propaganda tem “apelos imperativos de consumo” como “envie agora um SMS” e “colecione todas as figurinhas exclusivas”.

O órgão resolveu analisar a propagada com Larissa Manoela após a denúncia de um consumidor de Mogi Guaçu, interior de São Paulo, que sublinha que anúncios destinados a menores de idade não devem ter imperativos de consumo. Além disso, averiguou-se ainda que o anúncio usa a palavra “grátis” sem deixar claro quais serviços gratuitos oferece.

De acordo com informações do UOL, a equipe de Larissa Manoela está ciente da recomendação do Conar e pode recorrer. Entretanto, deverá retirar o anúncio do ar e fazer as alterações necessárias. O vídeo ainda está publicado nas redes sociais da artista.

Assista ao anúncio do livro de figurinhas da Larissa Manoela: