Estadao Conteúdo

Corinthians acerta venda do atacante Gabriel Pereira para o New York City

Com a camisa do Corinthians, o jogador disputou 47 jogos e marcou dois gols

Gabriel Pereira chegou ao Corinthians em 2018, para as categorias de base da equipe
Gabriel Pereira chegou ao Corinthians em 2018, para as categorias de base da equipe. Foto: Rodrigo Coca - Ag.Corinthians

Após longas negociações, o Corinthians acertou a venda do jovem atacante Gabriel Pereira para o New York City, franquia da Major League Soccer (MLS) e pertencente ao “City Football Group”, dos mesmos donos do Manchester City. O anúncio oficial veio nesta quinta-feira, por meio das redes do clube paulista.

Em nota oficial, o Corinthians agradeceu ao atacante “pela entrega com o manto alvinegro” e “desejou sucesso na sequência da carreira“. Segundo o diretor Roberto de Andrade, foi o próprio Gabriel Pereira quem pediu para ser vendido. Em outubro, as partes tinham acordado a renovação do contrato até 2024, mas esse documento nunca chegou a ser registrado junto à CBF.

O vínculo do atacante com o clube terminaria em 31 de março deste ano. Segundo a diretoria, foi feito um pré-contrato e optou-se por não realizar o registro na CBF por conta de possíveis propostas que poderia receber. Com isso, o Corinthians economizaria os valores do novo contrato, além do salário de luvas.

Como de costume, o clube não revelou oficialmente os valores da negociação em sua nota. Segundo apurações do portal “Meu Timão”, os valores giram por volta de US$ 5,5 milhões (cerca de R$ 27 milhões) e o Corinthians receberia 70% dessa quantia (R$ 19 milhões). Os outros 30% pertencem ao Guarani, que também será beneficiado dessa venda.

O clube também garantiu um porcentual para uma venda futura do atacante, sobre o lucro da operação. Entretanto, os valores ainda são incertos, mas devem ficar por volta de 10% a 20%.

Pelo Corinthians, Gabriel Pereira chegou em 2018 às categorias de base do clube, vindo do Guarani. Promovido à equipe profissional em 2021, o atacante disputou 47 jogos e marcou dois gols em sua passagem. Na última temporada, chegou a ser titular da equipe no Campeonato Brasileiro sob o comando de Sylvinho.