Idosa de 73 anos procura Bombeiros após ficar com anel preso no dedo, em Luziânia

A pressão do anel já havia provocado um edema no dedo da idosa

Idosa de 73 anos procura Bombeiros após ficar com anel preso no dedo, em Luziânia (Foto: Corpo de Bombeiros)

Uma idosa de 73 anos procurou o Corpo de Bombeiros no último domingo (25) após ficar com um anel preso em seu dedo. O caso ocorreu em Luziânia, município do Entorno do Distrito Federal. A pressão do anel já havia provocado um edema no dedo da idosa, e os militares precisaram uma máquina elétrica para retirar o adereço.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a idosa relatou que o anel começou a apresentar problemas na sexta-feira, dia 23. Preocupada, a mulher foi até o quartel da corporação na manhã de odmingo, pedindo ajuda para retirar o objeto do dedo.

Após verificação, os bombeiros descobriram se tratar de um anel de prata preso no dedo anelar da idosa. O dedo já apresentava um edema devido à pressão que o anel fazia no membro.

Os militares precisaram usar uma máquina elétrica para retirar o anel, que foi entregue à idosa.