Criança abusada pelo pai em Goiânia terá que fazer cirurgia

Suspeito fugiu para o interior do Estado depois de ser flagrado pela mãe da vítima, mas foi preso hoje

Criança estuprada pelo pai terá que fazer reconstrução do canal anal (Foto: Polícia Civil)
Criança estuprada pelo pai terá que fazer reconstrução do canal anal (Foto: Polícia Civil)

As Polícias Civil e Militar prenderam nesta terça (30), ainda em flagrante, um homem de 25 anos que é suspeito de absusar sexualmente de sua própria filha, que tem apenas dois anos, no final da semana passada em Goiânia. Em decorrência da violência, a criança terá que passar por uma cirurgia.

A mãe da vítima foi quem, ao chegar em sua casa no residencial Itália na noite do último sábado (27), flagrou o marido nu, ao lado da filha do casal, em cima de um lençol que tinha manchas de sangue. Ao indagar o companheiro sobre o que teria acontecido, ele confessou que havia mantido relação sexual com a menor. Em seguida, fugiu.

Comunicada a respeito do crime, a equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia realizou buscas durante três dias, e, na manhã de hoje, encontrou o suspeito escondido na casa de parentes em Itauçu, cidade distante 70 quilômetros da capital.

Pai usou anestésico para manter a relação com a criança

Criança estuprada pelo pai terá que fazer reconstrução do canal anal (Foto: Polícia Civil)

Criança estuprada pelo pai terá que fazer reconstrução do canal anal (Foto: Polícia Civil)

De acordo com o que apuraram os policiais, o homem usou um anestésico para abusar da criança, que está internada no Hospital Materno-Infantil. O medicamento foi encontrado ao lado da cama junto com o lençol ensanguentado. A criança já passou por um primeiro procedimento, mas terá que realizar uma nova cirurgia.

Ao ser preso, o suspeito, que não teve o nome divulgado, confessou o crime, e foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável pela delegada Gabriela Adas, adjunta da DPCA de Goiânia. Caso seja condenado, ele pode passar até 15 anos na cadeia.