Detento é assassinado dentro de cela em presídio de Jataí

Marcelo Marçal foi morto por um colega de cela que alegou que já teria desavenças com a vítima fora da cadeia

Um detento foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (31) dentro de uma cela do presídio de Jataí, no Sudoeste do Estado. Marcelo Marçal Assis da Silveira, de 26 anos, foi morto, no mesmo dia em que foi preso, por um colega de cela com golpes de uma faca artesanal na cela dois, da ala B da unidade prisional.

Conforme informações da Diretoria-Geral Administração Penitenciária (DGAP), os agentes foram informados por volta da 18 horas sobre a morte de Marcelo. Quando chegaram no local, foi agentes encontraram Bruno da Silva Brito ao lado do corpo com uma arma artesanal (chucho).

Ainda conforme nota, Bruno assumiu a autoria dos golpes e alegou que realizou o crime por já ter tido algumas desavenças com Marcelo fora da cadeia. O Instituto Médico Legal e a Polícia Técnico-Científico foram acionados para a remoção do corpo.

A DGAP informou que uma sindicância será aberta para apuração do caso. O crime será investigado pela Polícia Civil.

Marcelo Marçal foi morto com golpes de uma faca artesanal (Foto: PM)

Prisões 

Marcelo foi preso na madrugada desta quarta-feira por polícias militares após suspeita de ser autor de um homicídio. Ele já possuía duas passagens por roubo e porte de arma de fogo e duas por receptação. Ele foi reconhecido por uma testemunha e foi detido junto com Fabrisia Pereira de Almeida, de 19 anos, que continua presa.

Já Bruno foi detido em no dia 16/04/16 em Aragarças, no Noroeste do Estado. Ele foi preso por ameaça e estava no presídio de Jataí desde junho do ano passado.