Detran divulga selecionados pelo programa CNH Social, em Goiás

Contemplados devem fazer a matrícula online e apresentar documentação comprobatória em uma unidade de atendimento

Selecionados para o programa CNH Social devem se matricular até
Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) divulgou a lista dos candidatos selecionados para participarem do programa CNH Social no estado. Os contemplados terão 15 dias, contados a partir do dia 3 de novembro, para efetuar a matrícula online pelo site do órgão.

Nesta etapa foram ofertadas 4.014 vagas para que a população de baixa renda possa obter, adicionar ou mudar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação(CNH) gratuitamente.

O referido órgão também informou que não telefona, manda e-mail ou mensagem para os candidatos. Por isso, segundo a coordenadora do programa, Ednalva Garcia, é importante que os inscritos fiquem atentos e chequem se seu nome está na lista publicada no site da autarquia.

Após efetivar a matrícula online, o selecionado deve procurar uma unidade de atendimento presencial Vapt Vupt ou Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) para apresentar a documentação em 15 dias. A pessoa que deixar de cumprir os prazos ou apresentar a documentação necessária será desclassificada.

Caso haja vagas desocupadas, uma nova lista com cadastro reserva será divulgada em data a ser confirmada. Segundo o presidente do Detran, Marcos Roberto Silva, esta etapa do programa bateu recorde de inscrições: foram mais de 45 mil candidatos.

Os beneficiários terão isenção das taxas do órgão (Inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático). Também estarão isentos de pagar pelos exames médico e psicológico, junta médica, quando se tratar de candidato com deficiência, e toxicológico, exigido para categoria profissional.

Por meio de parcerias, serão oferecidos também o curso teórico, de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes.

Esta etapa traz outras regras para o desempate dos candidatos inscritos. Na categoria estudantil, por exemplo, substituiu-se a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela média obtida no ensino médio da rede pública estadual de Goiás, apurada pela Secretaria de Estado da Educação.

Também são critérios de desempate, a renda familiar per capita, o número de componentes do grupo familiar, a existência de benefício social, data e hora da inscrição e maior idade.

Vale ressaltar que se caso o candidato não esteja com nome na lista, deve-se aguardar pela segunda chamada. Quem não for contemplado na segunda chamada, poderá se candidatar nas próximas edições do programa, desde que, na época, cumpra todos os requisitos estabelecidos no edital.

(Clique aqui para conferir a lista de contemplados)

*Com informações do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO)

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira