Dono de indústria de reciclagem é preso suspeito de furto de energia em Luziânia

Suspeito estaria ligando o cabeamento de energia diretamente na rede de distribuição

Dono de indústria de reciclagem é preso suspeito de furto de energia em Luziânia
Dono de indústria de reciclagem é preso suspeito de furto de energia em Luziânia (Foto: Divulgação/PC)

O Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (29), um homem responsável por uma indústria de reciclagem suspeito de furtar energia elétrica, em Luziânia, entorno do Distrito Federal. Segundo os policiais, o investigado fazia os furtos mediante uma ligação no cabeamento de energia diretamente na rede de distribuição, sem passar pelo medidor.

A denuncia à Polícia Civil foi feita pela própria Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica em Goiás. Segundo os investigadores, durante a operação, os técnicos da empresa realizaram uma perícia no local e constataram a fraude.

Segundo os policiais, a conduta flagrada configura o delito de furto qualificado pela fraude, com pena de 2 a 8 anos de reclusão, além de multa. O crime não admite fiança, segundo o Delegado de Polícia e, por isso, o preso foi encaminhado ao presídio local e permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

O Mais Goiás procurou a Enel para saber qual o prejuízo do suposto crime e quantos casos como esse foram registrados pela empresa neste ano. Até o momento da publicação, não houve retorno.