Dono de lava-jato é preso suspeito de usar carros dos clientes para ir a festas, em Jataí

Flagrado em um bar com veículo alheio, o suspeito alegou à polícia que tinha autorização do proprietário, mas foi desmentido

A Polícia Civil prendeu o dono de um lava-jato, de 24 anos, suspeito de usar o carro dos clientes para ir a festas e bares. O caso aconteceu na cidade de Jataí, no Sudoeste de Goiás.
Dono de lava-jato é preso suspeito de usar carros dos clientes para ir a festas, em Jataí (Foto: Reprodução - PC)

A Polícia Civil prendeu o dono de um lava-jato, de 24 anos, suspeito de usar carros de clientes para ir a festas e bares. O caso aconteceu na cidade de Jataí, no Sudoeste de Goiás.

O caso chegou ao conhecimento da polícia depois que o dono de uma caminhonete Mitsubishi, modelo Triton ano 2022, foi até a delegacia. O homem disse que deixou a caminhonete para ser lavada e que no fim do dia ligaram para ele dizendo que não deu tempo de finalizar a limpeza, por isso, ela seria entregue no dia seguinte.

No entanto, o dono do lava-jato fazia uso pessoal do veículo alheio, inclusive em passeios com a namorada. Segundo a polícia, o suspeito já havia feito isso com outros clientes e até postava fotos na redes sociais com os carros.

Diante da denúncia da vítima, a polícia foi até um bar da cidade onde encontrou o casal. O homem alegou que usava a caminhonete Mitsubishi com autorização, porém, os policiais ligaram para o dono do veículo, que desmentiu.

De acordo com a polícia, o jovem deve responder pelo crime de apropriação indébita ao final da investigação. A caminhonete também foi levada para a delegacia, para ser devolvida ao dono.

Informações do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) indicam que o suspeito acabou sendo solto após pagar fiança. Como o nome dele não foi divulgado pela polícia, o Mais Goiás não conseguiu ouvir a defesa dele sobre o assunto.