Dupla que manteve família refém para roubar tecidos morre em confronto com Rotam, em Goiânia

Suspeitos foram localizados pela Rotam em uma casa no Residencial Elizene Santana

Dupla que manteve família refém para roubar tecidos morre em confronto com a Rotam
Dupla que manteve família refém para roubar tecidos morre em confronto com Rotam, em Goiânia (Foto: Polícia Militar)

Dois homens que segundo a Polícia Militar mantiveram uma família refém para roubar tecidos avaliados em quase R$ 100 mil, morreram após troca de tiros na manhã desta terça-feira (5), em Goiânia.

Os suspeitos foram localizados por militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) em uma casa no Residencial Elizene Santana, bairro que fica na região norte da capital.

Dentro do imóvel, os policiais recuperaram os 75 rolos de tecidos, e duas mil peças de jeans que haviam sido roubados na noite de ontem em um galpão no Setor Recanto do Bosque. Antes de levar os tecidos, e R$ 5 mil em dinheiro, os bandidos mantiveram uma família refém durante mais de duas horas.

Com os dois suspeitos mortos, a PM apreendeu dois revólveres calibre 38, e a van usada para transportar as peças roubadas. Nomes e idades deles ainda não foram divulgados. Aguarde, essa informação está sendo atualizada.