Eliton diz que espera “lealdade integral” de Baldy e Henrique Meirelles a Doria e ao PSDB

PSDB goiano pediu a Doria que interceda para que os goianos, que são secretários em São Paulo, alinhem-se aos tucanos em Goiás

Ex-governador José Eliton, presidente estadual do PSDB (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)
Ex-governador José Eliton, presidente estadual do PSDB (Foto: Jucimar de Sousa/Mais Goiás)

Na reunião organizada para receber o governador de São Paulo e pré-candidato a presidente da República João Doria em Goiânia, neste sábado (10), o presidente estadual do PSDB, José Eliton, disse que espera ver alinhados ao partido os dois goianos que têm cargos no secretariado de Doria: Alexandre Baldy e Henrique Meirelles. 

Embora façam parte da gestão do PSDB em São Paulo, Meirelles e Baldy se distanciaram dos tucanos em Goiás. Ambos são aliados do governador Ronaldo Caiado (DEM). 

“Espero que o secretário de Transportes [Baldy] possa vir a Goiás, unir-se aos nossos esforços, para fazer com que o PSDB tenha o melhor candidato a presidente da República. Para estabelecer uma relação de lealdade integral ao nosso projeto”, afirmou o ex-governador José Eliton. 

“Espero também que consigamos ter outras figuras importantes aqui, que hoje servem ao seu governo. Como o secretário da Fazenda, Henrique Meirelles. Espero que ele possa entender a importância dos ideais da social-democracia. Ele que foi eleito pelo PSDB aqui e sequer assumiu o mandato de deputado federal por um dia”, completou Eliton.

Meirelles é pré-candidato ao Senado e trabalha por uma aliança do seu partido (o PSD) com Caiado.