Em Anapolis, adolescente morre ao ser esfaqueada pelo ex que não aceitava o término do namoro

De acordo com a PM, a adolescente foi esfaqueada pelo ex no quarto de casa. Érica chegou a ser socorrida, mas faleceu no hospital

Erica tinha 17 anos e havia terminado o relacionamento com o suspeito do crime. (Foto: Reprodução/Facebook)
Erica tinha 17 anos e havia terminado o relacionamento com o suspeito do crime. (Foto: Reprodução/Facebook)

A adolescente Erica de Sousa, de 17 anos, morreu no Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HEANA), após ser esfaqueada em Anápolis (GO). O suspeito é o ex-namorado da vítima, que tem 23 anos e que, segundo familiares, não aceitava o término do relacionamento. O crime ocorreu na noite de quarta-feira (24) na residência da adolescente, no Setor Industrial Munir Calixto. O autor do feminicídio está foragido.

O delegado Wllisses Valentim, titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) informou ao Mais Anápolis que a Polícia Civil já tem conhecimento sobre o ocorrido.

De acordo com a PM, a adolescente foi esfaqueada pelo ex no quarto de casa. O crime ocorreu por volta de 21h, momento que a vítima gritou por socorro e uma familiar encontrou a jovem ensanguentada. Ela afirmou no local que o o ex-namorado, que não aceitava o término do namoro, teria tentado matá-la.

Segundo informações, a vítima era natural da cidade de Garrafão do Norte, no estado do Pará, e havia se mudado com a família para Anápolis.

Ferimentos graves

Devido aos ferimentos, familiares encaminharam a vítima para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Esperança, mas a adolescente necessitou ser transferida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital de Urgências.

De acordo com testemunhas, a adolescente foi lesionada região dos braços, mãos e abdômen. Diante da gravidade dos ferimentos, a vítima não resistiu e teve o óbito confirmado pela unidade hospitalar.

O caso será remetido ao Grupo de Investigação de Homicídios (GIH). O suspeito do crime segue foragido.