Em Anápolis, bombeiros encontram criança de quatro anos morta em incêndio

Caso será investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA)

Bombeiros encontram criança de quatro anos morta após incêndio

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) encontrou o corpo de uma criança de quatro anos que morreu em um incêndio nesta quinta-feira (27), na Vila Jaiara, em Anápolis. O caso será investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA).

Conforme relato dos bombeiros, a equipe foi acionada para combater um incêndio em uma casa simples, com três cômodos. Ao chegar no local, depararam-se com familiares dizendo que havia retirado quatro crianças, mas uma continuava na residência.

Os bombeiros encontraram o corpo da criança já carbonizado entre a sala e a cozinha do local. O CBM informou que utilizaram cerca de 300 litros para combater o incêndio e fazer o rescaldo no local.

O delegado Renato Rodrigues de Oliveira que está responsável pelo caso disse que o menino ficou com medo do fogo e acabou se escondendo debaixo da cama. Disse também que a criança de 10 anos informou que todos estavam dormindo quando percebeu o que estava acontecendo e correu.

Já a mãe dos meninos disse que teria ido ao supermercado para comprar pães e frutas, porém o caso será investigado pela DPCA, para apurar se houve ou não abandono de incapaz. Renato Rodrigues disse também que a perícia esteve no local, mas por conta do estrago causado, não foi possível identificar a origem do fogo.

“As outras crianças de 2, 4, 9 e 10 anos de idade não tiveram nenhum tipo de ferimento”, disse o delegado.

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira