Em documentário, viúva revela que Elvis Presley cometeu suicídio

Oficialmente, em todos os documentos, a causa da morte de Elvis é uma overdose acidental de remédios para emagrecer

O documentário Elvis Presley: The Searcher, que acabou de ser lançados nos Estados Unidos, pode colocar um ponto final nas especulações sobre a morte do Rei do Rock. O longa traz um vídeo da viúva do cantor, Priscilla Presley, no qual ela afirma que o artista cometeu suicídio.

Oficialmente, em todos os documentos, a causa da morte de Elvis é uma overdose acidental de remédios para emagrecer. Entretanto, “ele sabia o que estava fazendo e o que poderia acontecer”, sublinha Priscila no documentário.

“As pessoas me perguntam o motivo de eu não ter feito nada. Eu, as pessoas próximas a ele falávamos, mas ninguém conseguia obrigar o Elvis a nada. Todos tentavam e não tínhamos nenhuma chance com ele”, completa a viúva.

A afirmação de Priscila Presley vai ao encontro de duas cartas do cantor, divulgadas recentemente por Joe Esposito, amigo pessoal e empresário do artista. Nelas, lê-se: “Estou doente e cansado da minha vida. Eu preciso descansar”. Rick Stanley, meio-irmão de Elvis, endossa o coro.

Elvis Presley morreu em agosto de 1977 aos 42 anos.