Em duelo mata-mata, Vila Nova enfrenta o Bahia pela segunda fase da Copinha

Uma das duas equipes goianas que avançaram de fase, o Tigre terá o Esquadrão de Aço pela frente, em Tanabi-SP

Vila Nova na Copinha 2022
Tigre encara o Bahia em jogo único pela Copa São Paulo, valendo vaga na terceira fase. Foto: Josimar Marques

Dos quatro representantes goianos que iniciaram a disputa da Copa São Paulo, Aparecidense e Goiás se despediram ainda na primeira fase. Entre os que avançaram, o Vila Nova abre a segunda fase da competição e vai enfrentar o Bahia, nesta quarta-feira (12), às 15h (horário de Brasília), no Estádio Municipal Prefeito Alberto Victolo, em Tanabi-SP.

Líder do grupo 2, o Vila Nova ganhou o direito de não precisar viajar e permaneceu na cidade de Tanabi, onde disputou a primeira fase. O Bahia, por sua vez, ficou em segundo na chave 1 e deixou Votuporanga, percorrendo cerca de 44 km para chegar até a cidade do confronto contra o time goiano.

“Só de não ter saído do hotel, feito toda uma mudança, viajado é muito bom, conhecemos bem o estádio, pois fizemos três partidas lá. Tenho certeza que é um fator muito positivo, mas não serve para ganhar jogo, precisamos da maior entrega possível para isso acontecer. Mas isso ajuda na recuperação dos atletas e criar o melhor ambiente”, destacou o treinador do Vila Nova Sub-20, Kássio Fernando, para o Mais Goiás.

Para essa partida, o Vila Nova conta com o retorno do lateral-esquerdo Emerson. O jogador cumpriu suspensão na última partida e retorna ao time titular. Em compensação, Kássio Fernando não vai contar com o meio-campista Renan, que foi expulso contra o Tanabi. O duelo será transmitido no Youtube do Paulistão.

“Sabemos que será um jogo muito difícil, pois o Bahia é uma grande escola e equipe. Um time de camisa pesada e vejo que será um grande duelo, competitivo, decidido no detalhe e que vai precisar de uma concentração total e tenho certeza que vamos fazer uma grande partida. Temos que lidar com o cansaço e estar sempre atento para não perder o foco, é confronto decidido no detalhe”, completou Kássio Fernando, para o Mais Goiás.

Quem avançar deste confronto, vai enfrentar o vencedor do duelo entre Votuporanguense e Guarani. As duas equipes se enfrentam no mesmo dia e horário, mas na Arena Dr. Plínio Marin, em Votuporanga-SP. A partida será comandada pelo árbitro João Augusto Mariano de Oliveira, auxiliado por Maurício Helder Luiz Alexandrino e Eduardo Augusto Borges. O quarto árbitro é Juliano José Alves Rodrigues.